Shoe Committee

As minhas férias na Islândia (continuação)

Celia Ventura2 Comments

Continuando a aventura que foram as minhas férias...

Durante toda a estadia neste país apenas usei estas botas porque a nossa bagagem de porão não chegou à Islândia no mesmo dia que nós, chegou 4 dias mais tarde... Ficámos com a roupa que tínhamos no corpo e pouco mais. Mas isto não estragou os nossos planos para estes dias, e até tornou a aventura mais divertida!

Os dois primeiros dias foram passados na capital Reykjavik onde conhecemos a história deste país. Sempre na expectativa que a mala apareceria a qualquer momento... Reykjavik é uma cidade portuária, cosmopolita e colorida. Encontrei várias floreiras em botas antigas como nesta imagem.

O objetivo desta viagem era conhecer e percorrer toda a ilha, tínhamos tudo planeado e marcado, com aluguer de carro e dormidas ao longo do percurso que queríamos fazer. Algumas destas zonas com temperaturas baixas, e quase sempre debaixo de chuva....

Não tivemos alternativa senão comprar algumas peças de vestuário bem quente, pois deixámos Reykjavik no 3.º dia sem ter noticias da bagagem. Felizmente uma das coisas que faço sempre é levar calçado no vôo o par de sapatos/botas mais volumoso ou pesado, e foi o caso! O que nos safou foram as botas Timberland que andaram 10 dias nos nossos pés. As minhas botas eram novas acabadas de comprar, e acompanharam-me nesta aventura, em caminhadas em cratera de vulcão, em praias de areia preta, em pedras de lava, muitas cascatas, em neve, em gelo e apenas as troquei para ir à Blue Lagoon...

A bagagem perdida ficou à espera em Reykjavik pelo nosso regresso à capital, o que aconteceu no último dia antes de voltarmos a Lisboa. 

Mas para mim, que cheguei a viajar em tempos com uma mala de roupa e outra cheia de sapatos, esta aventura vem confirmar que viajamos com muito mais do que precisamos...

Todas as imagens da nossa viagem aqui, as minhas em celiaventura_shoecommittee!